Exposição Marc Chagall e a ópera Dialogues des Carmélites no final de semana em Montreal

Pintor, gravurista, ceramista, apaixonado por cores e tons ou simplesmente Chagall. Definir o artista plástico russo Marc Chagall não é uma tarefa fácil, já que o talento quebrou barreiras e tradições. Mestre da vanguarda, Chagall nasceu em 1887 na Rússia e morreu na França em 1965. Uma vida dedicada à arte, ao belo, à luta contra o preconceito e pela liberdade de ideias, valores e religiões.

marc_chagall_1941
Chagall

Chagall, um judeu praticante, foi perseguido pelo nazismo e se tornou um dos maiores símbolos da resistência contra a opressão. Para celebrar o artista, e como parte das comemorações do 375 anos de Montreal, o Museu de Belas Artes, o MBAM, apresenta a inédita exposição Chagall: Couleur et Musique, que reúne 340 trabalhos na maior mostra já realizada no Canadá sobre o artista russo.

chagall
Chagall com suas cores e música no MBAM

Quem for à exposição, em cartaz do dia 28 de janeiro a 11 de junho de 2017, vai pode ver de perto os desenhos, objetos em cerâmicas, esculturas, tapeçarias e vitrais criados pelo artista. Como parte da mostra, peças de vestuários desenhadas por Chagall para os balés Aleko (1942), L’Oiseau de feu (1945), Daphnis et Chloé (19581959) e a ópera La Flûte enchantée ( Flauta Encantada) de 1967. O MBAM tem entrada gratuita para crianças até 11 anos e preços a partir de 15 dólares para o público em geral.

chagall3
A arte de Chagall em vestidos

Outra opção para quem gosta de cultura é assistir à ópera Dialogues des Carmélites na Salle Wilfrid-Pelltier da Place des Arts. A ópera francesa escrita por Francis Poulenc conta a história da jovem aristocrata Blanche de la Force, que busca a paz na religião e larga o luxo para fazer parte da Ordem do Carmo. Em meio ao Terror da Revolução Francesa, Blanche encontra o medo, a perseguição e a dor.

16179848_10154946177720419_3283408950717112317_o

A ópera Dialogues des Carmélites foi apresentada pela primeira vez em 1957 em Milão, na Itália, e é um das mais conhecidas do mundo. São três atos com duração de quase 3 horas no total. O espetáculo é dirigido por Serge Denoncourt e traz a soprano Marianne Fiset no papel principal. A curta temporada começa no dia 28 de janeiro e vai até 4 de fevereiro, com ingressos a partir de 59 dólares.

16177546_10154946177495419_907324358410663932_o
Marianne Fiset em cena

Para saber mais informações sobre ingressos e horários, acesse:

http://www.operademontreal.com/programmation/dialogues-des-carmelites
https://www.mbam.qc.ca/

Bom fim de semana a todos!