Achei em Montreal:”Podologia e Estética”

Encontrar bons profissionais brasileiros em Montreal, não é, muitas vezes, uma tarefa tão simples. Nesta série ” Achei em Montreal”, eu compartilho minhas experiências na busca por serviços dos compatriotas aqui no Quebec. Após falar sobre cabelos, computadores, comida brasileira e shakes, eu decidi conversar sobre a beleza e o cuidado da pele,  pés e mãos. Nesta minha jornada, eu conheci duas paulistas que fazem um trabalho excelente. Adriana CamilieNanda Santesso são sócias e abriram o Essência & Vie, no 5982 Rue Sherbrooke E, que funciona como um espaço para tratamentos estéticos  e de saúde para os pés. Além do atendimento nota 10, a Adriana e a Nanda cobram um preço justo e bem acessível.

meninaspodo
Nanda Santesso e Adriana Camilie

Há meses, meus pés estavam muito ressecados. É o resultado das botas de inverno que deixam calcanhares e unhas com um aspecto de secura e zero maciez. No Rio de Janeiro, eu tinha o hábito de ir a um podologista. A podologia é a ciência que trata dos pés e difere de um pedicure normal. O termo vem do grego e é a junção das palavras podos: pés e logos: estudos. O podologista é o profissional que cuida de pés diabéticos, calos, unhas encravadas, fissuras, micose e Adriana é uma profissional desta área.

meninaspodo2

 

A sessão de uma hora tem início com uma higienização completa e uma avaliação que inclui inúmeras perguntas. O meu tratamento foi um pedicure podológico para tratar e é claro, embelezar. A Adriana usa vários aparelhos. Um deles remove toda as células mortas e a calosidade. O outro serve para identificar se há algum tipo de problema com as unhas. Tudo é feito com muita calma. Não senti dor. Na verdade, eu relaxei tanto que quase dormir na cadeira com a exfoliação, a hidratação e a pintura das unhas. Também fiz uma hidratação nas mãos e com pintura das unhas.

meuspes

Com os pés macios iguais ao de um bebê, eu segui para a sala de estética. Tenho a pele oleosa e como uso maquilagem constantemente, os cravos são inevitáveis. Com a Nanda, fiz uma limpeza completa com exfoliação e máscara nutritiva. Não restou um cravinho!Em qualquer limpeza, a parte da extração é algo que não gosto, contudo, desta vez, foi diferente. A Nanda usou um loção especial que evitou dores e aflições.

pelelimpeza

 

Seguindo o meu dia de beleza- e já com pés e mãos feitos e rosto limpo- a escolha para finalizar foi fazer uma drenagem linfática para eliminar a retenção de líquidos. Eu incho com muita frequência, apesar de beber muita água, e a massagem ajuda e muito a contornar o problema. A Nanda tem mãos de fada e dormi sem pensar em nada. Quando acordei após uma hora, eu me senti leve e revitalizada.

fotomassagem
O Essência & Vie é ideal para quem deseja reunir qualidade, preço e viabilidade. O fato do local oferecer vários serviços foi um diferencial para mim. Eu sou muito ocupada e faço várias coisas durante o dia e nada melhor do que ganhar tempo. O centro de beleza oferece diversos serviços.

minhasmaos

 

Clique aqui e entre em contato para saber informações sobre preços, horários e agendamento.Além dos serviços de beleza, Adriana e Nanda oferecem a terapia do riso como adicional. Donas de um alto astral, a alegria das duas é contagiante. Recomendo. Em breve, eu volto com mais um capítulo da série Achei em Montreal.

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essência & Vie

Achei em Montreal: ” Herbalife “

O inverno rigoroso no Canadá é um convite para ficar em casa, no quentinho, curtir as delícias do frio — como sopas cremosas, um bom vinho, chocolate quente — e deixar de lado os exercícios ao ar livre. Eu fiz isso e o resultado são vários quilos a mais na balança. Quando morava no Rio de Janeiro, fiz um detox com os shakes da Herbalife e amei o resultado. É quase uma vitamina, porque realmente você não sente fome e pode substituir uma refeição pelo shakes. Aqui em Montreal, pensei em fazer a mesma coisa para conseguir entrar em um biquíni no verão, porém não foi fácil, porque simplesmente não sabia onde comprar o shake. Por meio de uma amiga, conheci a Clariane Paula, uma técnica de Farmácia do Recife que mora há 13 anos no Canadá. A Clariane é coach da Herbalife no Quebec, e neste capítulo da série Achei em Montreal,  vou contar os detalhes para vocês.

clariane
Clariane Paula

Clariane reside em Brossard e em um domingo, fui visitá-la a fim de fazer uma avaliação. Muito simpática, ela me explicou os detalhes de cada produto e sugeriu um programa de um mês… Uma espécie de tratamento de choque! Pensando no meu biquíni e nas gorduras dizendo bye-bye, aceitei a proposta. O kit de um mês custa 190 dólares canadenses e é composto por dois shakes, um pote de proteína, um Cell Activator para eliminar a retenção de líquidos e a avaliação de peso e medidas. Escolhi os sabores baunilha e frutas vermelhas.

18620203_1345393498870873_7577570442701871599_n

Como funciona a Herbalife? O shake Herbalife — na verdade o pó para o preparo de bebida para controle de peso — é um substituto parcial de refeição, desenvolvido com ingredientes alimentícios para fazer parte de uma alimentação saudável, com vistas ao controle de peso. Ele fornece menos calorias quando comparado com a média calórica de uma refeição tradicional”, explicou a Clariane.

herbalife4

Na avaliação, eu falei para a Clariane que queria perder peso. Ela me explicou que a forma como o shake é utilizado faz a diferença. “Se você quer reduzir peso, deve substituir duas das três principais refeições do dia. Se quiser manter, substitua apenas uma refeição. Mas se quiser ganhar peso, acrescente até dois shakes na alimentação diária”, afirmou a coach.

herbalife2

Antes de experimentar os produtos da Herbalife, tomei shakes de outras marcas e não gostei. O problema foi que eles não me saciavam e eu ficava com muita fome.  Os shakes da Herbalife têm na composição vitaminas C e D, proteínas e minerais e realmente alimentam”, disse Clariane.  Foi um mês com os shakes e emagreci seis quilos. Nada de sacrifício, porque os shakes são bem gostosos, mas também evitei frituras  e optei por um almoço leve tipo legumes, arroz integral e frango grelhado. Foi difícil, todavia consegui resistir aos poutines. Nos fins de semana, eu me dei um dia livre para um jantar sem restrição e acompanhado de um bom vinho. Não há milagre e sim, uma adaptação ao estilo de vida mais saudável.

12719621_1463363237023508_794861717278849324_o
Almoço com muitos legumes e verduras

Além de ficar mais magra, minha pele está ótima, minha disposição para malhar voltou e me sinto mais bonita. Por falar em pele, a Herbalife tem uma linha específica para quem tem problemas como acnes e envelhecimento precoce e outra para atletas. O jogador português Cristiano Ronaldo tem uma linha para esportistas.

herbalifeskin

Então, belos e belas de Montreal, se precisarem de uma consultoria de beleza, entrem em contato com a Clariane. Para quem não conhece os produtos da Herbalife, a dica é fazer uma experiência. “Com o kit de três dias, a pessoa tem a  oportunidade de experimentar os shakes para ver se gosta e observar o resultado. Em média, o cliente perde um quilo e desincha muito, o que estimula a continuar o programa. O valor do kit é de somente 20 dólares, e eu entrego sem custo em Montreal”, orientou a coach.

herbalife3

Para saber mais informações sobre os produtos da Herbalife, contate a Clariane Paula no telefone: 438-881-280.

 https://www.facebook.com/clarianehttps://www.facebook.com/cmherbalife/

Achei em Montreal: “Comida Brasileira!”

Quando se mora longe do país onde nascemos, da família e de amigos, a saudade é imensa. Pelo menos para mim. Uma das melhores maneiras de não cortar os laços é por meio da gastronomia, dos nossos cheiros e de sabores. Neste capitulo da série Achei em Montreal: Comida Brasileira, eu relato minhas experiências pessoais como uma brasileira recém-chegada ao Canadá e apaixonada pela culinária dos trópicos. Churrasco, mandioca frita, feijoada, coxinha e pastel estão na minha lista de desejos diários, porém não é fácil encontrar esses quitutes na terra do poutine e do Maple Syrup. Com a ajuda de amigos, conheci quatro lugares aqui em Montreal, cada um em seu estilo, que fizeram com que eu me sentisse um pouco menos saudosista da comida da minha mãe. Tarefa nada fácil, porque para mim, Dona Cecilia é a melhor cozinheira do mundo.

16409835_10154188787705598_609772489_o
Picanha na brasa

Que tal um churrasco no domingo? No estilo de churrascaria carioca com carne servida no espeto? Se você é carnívoro, a pedida é o Rodízio Brasil, um restaurante muito acolhedor na Rua Notre-Dame 160, no Velho Porto de Montreal.

rodizio

O rodízio completo tem doze qualidades de carnes, mandioca frita, farofa, saladas diversas e até pão de queijo e custa a partir de 29 dólares canadenses por pessoa. Nos fins de semana, a casa da família Pires é muito procurada, sendo aconselhável fazer reserva.

17917657_1857633267825301_2896353912412056722_o
A coxinha é um dos meus salgadinhos favoritos e também de muita gente. Eu não sei fazer e nem preciso porque basta ir até a Padoca (1440 rue Amherst), a Pâtisserie Brésilienne em Montreal. A chefe Gabrielle Casara Pellin prepara os doces e salgados com muito carinho. O único problema é ter de controlar a gula! Além da deliciosa coxinha de frango, eu super-recomendo o escondidinho de carne seca, o bolo de rolo e os brigadeiros.

padoca2

A Padoca é uma espécie de ponto de encontro da comunidade brasileira e realiza vários eventos culturais. Por causa disso, é o local escolhido para o 1º Salão do Livro do Canadá, que vai acontecer nos dias 9 e 10 de setembro no terraço da Padoca. “O salão é uma oportunidade para divulgar a literatura brasileira no Canadá. Vai ser uma festa literária com a presença de vários autores e lançamentos de livros em português e francês “, explica a editora Jô Ramos, organizadora do salão.

15493228_1232660643479747_2627041254044846622_o
Acajou

E a feijoada? Eu gostei muito da feijoada do Acajou (5121 Boulevard Saint-Laurent), restaurante da chefe Ana Maria Lyrio. É feijoada completa e vem acompanhada de farofa, couve e laranja. Tem gosto de comida caseira e é para comer sem pressa, se deliciando com os sabores e aromas do Brasil. No Acajou, outra boa pedida são os sucos naturais e os pratos típicos da Bahia, como o bobó de camarão e a moqueca de peixe.

252225_887918381276371_4146039149251976086_n

Já no Angá (3425 A, rue St-Denis), a comida brasileira tradicional ganha sofisticação e estilo. No restaurante de Lisya Said, os pratos de carnes são destaques. A picanha e o churrasco são servidos à la carte, em porções generosas, com acompanhamentos como mandioca frita, farofa e feijão preto. A caipirinha do Angá é fantástica. Nas noites de sábado, muita MPB, samba e chorinho.

anga
Angá

Com a chegada da primavera, o restaurante abriu o terraço e começou uma superpromoção. O cardápio fechado com entrada, prato principal e sobremesa custa 59,00 dólares o casal + taxas. Por falar em sobremesa, a mousse de maracujá é de outro mundo. A culinária é um aspecto muito forte da cultura do Brasil e proporciona uma ligação de afetividade e acalento para quem está a milhas de distância.

18622309_1220757354713267_6724404731160423757_n

Festival de gastronomia no MAC’N CHEESE WEEK no Quebec

O MAC’N CHEESE WEEK chega à sua 3ª edição com mais de 40 restaurantes participantes em diversos locais do Quebec. O MAC’N CHEESE WEEK é um festival de gastronomia para quem gosta de macarrão e muito queijo. Todos os pratos do evento são criações inéditas e levam na receita somente queijo produzido na província. O encontro gourmet começa no dia 3 e vai até o dia 10 de abril.

Local 75

Na Cidade de Quebec, os destaques são os restaurantes Le Projet, Le Q de Sac e Le Shaker.

17546903_197970397359414_8917116245338845556_o
Cerveja artesanal exclusiva do evento

Já em Montreal, quem quiser participar do festival pode escolher locais como o La Petite Maison do consagrado chefe Danny St-Pierre, o tradicional Le Gras Durs, famoso pelos poutines, ou o Lord William Pub, ótima opção para quem gosta também de cerveja e rock.

Le Lab QDS
Os pratos do festival tem preços médios de 15 dólares e além disso, em Montreal há opção de entrega com o delivery da Foodora. Quem usar o cupom MACNCHEESE17 ganha 10 dólares de desconto no pedido. Gostou da dica, então aproveite e nem pense nas calorias!

17629953_199393133883807_9060852938294555418_n

Para maiores informações, por favor acesse:

https://www.facebook.com/macncheeseweek/?fref=ts

Comida saudável e orgânica na Expo Manger Santé et Vivre Vert 2017 no Quebec

Quem gosta de comida orgânica, saudável e se preocupa com questões sobre meio ambiente tem um encontro marcado na Expo Manger Santé et Vivre Vert 2017, uma feira dedicada ao bem-estar.

12885856_1462055777154254_4016030783395268210_o (1)
Degustações

O evento, que chega à sua 20 edição, vai acontecer nos dias 18 e 19 de março no Centre des Congrés na Cidade de Quebec e nos dias 24,25 e 26 de março no Palais des Congrès em Montreal.Vão ser mais de 280 expositores em degustações e palestras sobre alimentação natural, ecologia e saúde global.

14424840_1657553234271173_7804581372671764054_o
Alimentos orgânicos

Nas degustações, o pão orgânico e integral vai ser destaque. A Expo vai reunir padeiros artesãos de várias partes do Quebec e um concurso vai eleger o melhor pão do festival em três categorias.

15203302_1740986612594501_6576202253747760273_n
Pães  sem culpa na balança 

O tema da Expo Manger é a ecogastronomia e a ideia é estimular o consumo de alimentos mais naturais, sem aditivos químicos e evitar o desperdício. Chefes de cozinha vão demonstrar como é possível aproveitar ao máximo verduras e legumes em receitas variadas que vão ser oferecidas ao público.

16143834_1836916803001481_1845205576990495157_o
A educação para uma vida mais saudável vai poder ser conferida nas palestras abertas ao público, que vão reunir nutricionistas, produtores e especialistas em alimentação vegana, jardinagem, herbários, conservação de alimentos, cosméticos naturais, produtos dietéticos e para diabéticos e muitos mais. O ingresso para participar da feira custa 14 dólares para adultos e com entrada grátis para quem tem até 16 anos.

16649117_1867508083275686_9064314726088959340_n

 

Para saber mais informações sobre horários  e preços, por favor acesse:

http://expomangersante.com/en/

Que tal cruzar a fonteira? Tem festival de cerveja em Vermont nos EUA

A cidade de Burlington, no estado de Vermont , nos Estados Unidos, fica  a pouco mais de uma hora de carro de Montreal. A proximidade faz com que as atrações culturais americanas  entrem no roteiro de lazer dos canadenses ou de quem mora no Canadá.

15896323_10155696340268275_7907670410184279761_o
As montanhas de Vermont 

No próximo sábado, dia 11 de fevereiro, vai acontecer o Winter Brewfest no Sheraton Burlington Hotel, um dos maiores festivais de cerveja da América do Norte, no qual também vai ter degustação de cidras e vinhos.

16406992_233887533739288_8887001797601081388_n

O Winter Brewfest é a oportunidade de conhecer cervejas artesanais produzidas na região de Vermont. São 75 marcas disponíveis para degustação. Mais do que simplesmente uma oportunidade de beber diferente rótulos, o festival pretende ser uma opção cultural com shows, palestras de produtores e jogos interativos. Para que ninguém fique bêbado, petiscos e chocolates vão ser distribuídos de graça no evento.

16114043_224358361358872_2088971737100586157_n
O rock da Renegade Groove

Para participar, o valor do ingresso é de 39 dólares americanos. A entrada dá direito a uma taça e a 15 tickets de degustação. “Vamos ter duas sessões. A primeira começa às 12 e vai até as 16 horas, com show funk-rock da banda Renegade Groove. A outra sessão começa às 18 horas e vai até as 22 horas com show da banda de rock The Grift“, explicou Paul Apfelbaum, organizador do evento.

15727097_212259685902073_1510788775387646620_n

É importante lembrar que a legislação americana é bem rigorosa com quem dirige bêbado. Para evitar problemas com a lei, a dica para quem for ao festival é não pegar o carro para voltar após a festa e aproveitar o final de semana na cidade. Vermont é um dos principais destinos de inverno dos Estados Unidos. São mais de 20 resorts de esqui e com quilômetros e quilômetros de pistas para praticar a atividade. A  localidade tem mais de 220 montanhas acima de 600 metros de altura, sendo Mount Mansfield a mais alta, com 1.340 metros.

01286-a

O departamento de turismo local oferece uma guia online gratuito com informações sobre hospedagem, atrações turísticas e históricas. A rede hoteleira é variada. É possível encontrar quartos para casal com café da manhã e com preços a partir de 99 dólares americanos em hoteis 2 estrelas como o Anchorage Inn, próximo ao local do festival, ou luxuosos como o Sheraton-Burlington Hotel, onde vai acontecer o evento, e com diárias a partir de 250 dólares.

Para maiores informações, acesse o link abaixo:

http://www.winterbrewfestvt.com

15129097_10155482158578275_4533267441556014991_o

Gostou da dica? Bom final de semana!

Fotos da divulgação do evento e do departamento de turismo de Vermont.

Um roteiro com cervejas encorpadas para espantar o frio em Montreal

Oficialmente, o inverno começa no dia 21 de dezembro, entretanto o frio, com temperaturas abaixo de zero, já chegou com força ao Canadá! Para aquecer o corpo, uma dica é degustar uma cerveja forte, encorpada e com teor alcoólico bem elevado. Esta é a ideia do The Montreal Brewpub Experience, um tour para apreciar as melhores cervejas do mundo, além de espantar o frio e aproveitar para fazer amigos na cidade mais cultural do Canadá, é claro.

6046_1079007285464414_7246396587890822898_n

O roteiro do The Montrel Brewpub Experience inclui três bares, petiscos, diversão garantida e preços a partir de 59 dólares canadenses por pessoa. A maratona dos cervejeiros começa no Le Saint-Bock, 749 Saint-Denis, perto da estação de metrô Sherbrooke. Participei do tour com um grupo bem animado e multicultural, composto por canadenses, americanos, irlandeses, um francês, uma indiana e eu como a única brasileira.A guia era Camille Dupuis, uma turismóloga especializada em cerveja que deu muitas dicas de como aproveitar ao máximo a experiência. “Levante o copo na direção da luz e você vai perceber a cor real da cerveja. Então, mova o copo lentamente e sinta o aroma. Agora, podem beber!”, explicou Camille Dupuis.

15491938_1225301777548967_1940899779_o
Poutine com molho de cerveja

A degustação foi acompanhada com um  poutine, o prato típico do Quebec, feito com batatas fritas e queijo, mas que. aqui. tem na receita um molho de cerveja belga. As bebidas servidas no Le Saint-Bock eram artesanais, fortes, com malte bem tostado e alto teor alcoólico. Para participar do roteiro é preciso ter no minímo três horas livres. Entre papos, questionamentos, explicações, a calma é necessária e nada de pressa para beber.

15491605_1225301537548991_1429535259_o
Cervejeiros de várias parte do mundo 

Saímos do Le Saint-Bock e seguimos para um bar perto. O L´Amère à Boire fica no 2049 Saint-Denis e lá foi a vez de provarmos uma German Hefeweisen e uma cerveja tcheca deliciosa e caramelada chamada Cerná Hora. Para que ninguém fique bêbado, foram servidos petiscos como carnes defumadas e queijos frescos da região.

12239488_844751352309371_5107515392706834653_n

Depois do L´Amère à Boire, nosso grupo seguiu em direção ao terceiro bar. A caminhada pelas ruas do antigo Red Light District de Montreal foi divertida, com a guia Camille Dupuis explicando sobre a história, a arquitetura e o way of life dos montrealenses.

15419240_1225291600883318_556895322_o
Camille Dupuis

O bar Benelux, bem perto do metro Place des Arts, foi um final nota 10, com cervejas artesanais de trigo acompanhadas por vários tipos de chocolates caseiros. “Mais do que simplesmente beber cervejas diferentes, o tour é uma oportunidade de conhecer o estilo de vida de Montreal no inverno. Com a neve é muito gostoso reunir os amigos, a família, para degustar uma boa cerveja encorpada. Isto é parte da nossa cultura, do nosso modo de vida”, finalizou Camille Dupuis.

11101644_756795481104959_5068602168853737773_o

Para saber mais informações sobre preços, horários e roteiros, acesse:

http://montrealcraftbeertours.com/beer-tours/montreal-brewpub-experience-beer-tour/

Fotos de Rosane Rodrigues e da divulgação do tour (Toby Andris Cayouette).

ACHEI EM MONTREAL: ****CABELOS****

Rosane Rodrigues, Jornalista

A ideia da série Achei em Montrealnasceu de uma necessidade minha de encontrar bons profissionais brasileiros e produtos específicos aqui nestas terras geladas. Eu percebi que minha angústia era compartilhada por boa parte dos brazucas, que estão aqui como estudantes, residentes ou turistas. Então, já que a procura é comum, eu resolvi compartilhar minhas experiências. Para iniciar a série, eu resolvi falar deCABELOS. Sim, eu acho que este é um assunto que preocupa 10 entre 10 pessoas, principalmente as mulheres. O tempo frio é um martírio para qualquer cabelo e é qualquer mesmo, seja com química, liso, afro, cacheado, tingido, curto ou longo. Não tem jeito, o caminho é o ressecamento, o frizz e a queda dos fios. Depois de dias de neve e gelo, o meu cabelo ficou uma bucha. Estava desesperada e uma amiga me deu uma dica, que vou compartilhar agora.

15233762_1204946139584531_879046578_oCabelo muito…

Ver o post original 487 mais palavras

ACHEI EM MONTREAL: ****CABELOS****

A ideia da série Achei em Montreal nasceu de uma necessidade minha de encontrar bons profissionais brasileiros e produtos específicos aqui nestas terras geladas. Eu percebi que minha angústia era compartilhada por boa parte dos brazucas, que estão aqui como estudantes, residentes ou turistas. Então, já que a procura é comum, eu resolvi compartilhar minhas experiências. Para iniciar a série, eu resolvi falar de CABELOS. Sim, eu acho que este é um assunto que preocupa 10 entre 10 pessoas, principalmente as mulheres. O tempo frio é um martírio para qualquer cabelo e é qualquer mesmo, seja com química, liso, afro, cacheado, tingido, curto ou longo. Não tem jeito, o caminho é o ressecamento, o frizz e a queda dos fios. Depois de dias de neve e gelo, o meu cabelo ficou uma bucha. Estava desesperada e uma amiga me deu uma dica, que vou compartilhar agora.

15233762_1204946139584531_879046578_o
Cabelo muito ressecado, sem brilho e com queda

Minha amiga me falou de uma cabeleireira baiana que mora em Montreal e que poderia me ajudar. Fui conferir a indicação. O nome dela é Lucia Calderon, profissional com mais de 20 anos de experiência no Brasil e que imigrou com a família há pouco mais de um ano para o Canadá, e atende em domicílio.A Lucia fez uma avaliação do estado do meu cabelo e a reposta foi que estava deplorável,porém tinha salvação.

15219569_164674607334632_4190369557893103364_n
Lucia Calderon trabalha com produtos importados do Brasil 

Além de cabeleireira, a Lucia representa a empresa Biotipo, que tem uma linha completa de produtos naturais para o cabelo como cupuaçú, fruto típico da região da Amazônia e que produz uma manteiga extremamente emoliente. “O seu cabelo está muito quebrado e cheio de pontas duplas. O ressecamento está nele todo. Vamos hidratar, fortalecer e recompor a massa capilar antes de fazermos uma progressiva. Também vamos fazer um corte para melhorar o caimento”, explicou em detalhes Lucia Calderon.

15156772_1803875389851876_6978914287540066259_o
O fato de Lucia atender em domicílio foi um plus.No dia em que ela veio à minha casa, o cenário era de neve. “Vou usar no seu cabelo a linha BB Cream. É um tratamento de choque completo para evitar mais danos com shampoo, condicionador, máscara, levea-in e fluido reparador”, falou a simpática baiana. Então, ela começou a fazer a reparação.Já após a lavagem, eu comecei a sentir a diferença na textura dos fios.

15225143_1204945882917890_1622141149_o
O tratamento de choque para os cabelos 

O que eu gostei nos produtos da Biotipo é que são naturais. A base da linha é com essências e extratos da flora brasileira. Eu sempre fui muito alérgica e há muitos anos, eu optei por usar produtos da natureza. Pois bem, depois de 2 horas aproximadamente, com a finalização da escova, o meu cabelo era outro. Detalhe: A Lúcia faz escova como no Brasil e não a simples secagem que é feita em qualquer salão canadense.

15205664_1204945616251250_907360911_o
O cabelo ganhou brilho e viço

A Lúcia me explicou que no frio e por causa do banho muito quente, o óleo natural de proteção capilar, o manto hidrolipídico, vai aos poucos desaparecendo. Outro ponto é que com o aquecimento elétrico das casas, o cabelo resseca muito. “Quem vai encarar o inverno canadense não pode ficar sem fazer hidratação no cabelo. O gelo quebra o cabelo, o vento frio resseca e a água muito quente desbota a cor”, disse a cabeleireira.

15194600_1803281526577929_950229256810432388_o

Sobre preços? A Lúcia não é careira e dá o valor do serviço dependendo do tamanho e qual tratamento a pessoa for fazer. A baiana também corta, modela sobrancelha e faz escova progressiva.”Faço progressiva sem formol e com queratina e cupuaçú. É para reduzir o volume, tirar o frizz e hidratar. O resultado é fantástico”, finalizou.

15110304_1801302740109141_989416752983248622_o

Para entrar em contato com Lucia Calderon e saber mais sobre os produtos da Biotipo:

https://www.facebook.com/profile.php?id=100013762816092////

marialjcalderon@gmail.com

Telefone:  (514) 641 8079.

14424778_1773578342881581_7910930325603257487_o

 

O Festival Bach traz o melhor da música clássica para Montreal

 

Um dos mais prestigiados eventos de música clássica do mundo vai acontecer em Montreal, entre os dias 18 de novembro e 4 de dezembro. É a décima edição do Festival Bach de Montréal, um encontro que reúne artistas de diversas partes do mundo. ” O festival está completando 10 anos.Nós vamos celebrar as peças de Johann Sebastian Bach , que por séculos têm encantado tantos compositores, músicos e aqueles que amam a música”, explicou Alexandra Scheibler, fundadora e diretora artística do espetáculo.

johann_sebastian_bach
O músico alemão morreu em 1750

Piano, harpa, violino e flauta fazem parte das apresentações. Quem abre a série de shows é o pianista americano Sergei Babayan. O artista de origem armênia traz Les Variations Goldberg de 1741 para o público montrealense, que faz parte das últimas obras de Bach para o piano. Babayan é um dos mais respeitados músicos da atualidade e já se apresentou nos principais palcos do mundo.

15039461_10154704704292813_7683001116559999081_o
Serguei Babayan faz o show de abertura

O convidado de honra é o violoncelista chinês-americano Yo-Yo Ma, que vai comandar a noite de gala do festival. O artista, que já gravou mais de 100 álbuns e ganhou 18 prêmios Grammy, vai apresentar no dia 2 de dezembro os Solo Cello Suites de Bach, uma da mais conhecidas partituras do artista alemão.

12095116_10153747544826337_754887743896028288_o
O violoncelo de Yo-Yo Ma é a atração principal 

Pianista, maestro, professor, violinista, Johann Sebastian Bach foi um artista completo e morreu em 1750 em Leipzing na Alemanha. Quem gosta da música barroca de Bach vai poder aproveitar vários shows gratuitos, que vão ser oferecidos durante o festival. Um deles é a ” Noite dos Corais”, que vai reunir 12 grupos vocais em uma maratona musical na Igreja de Santo André e São Paulo- Église St Andrew & St Paul.

 

1391997_10152071755107813_409854181_n
Corais infantis também estão na programação

Para saber mais informações sobre ingressos, horários  e locais, por favor entre no site:

http://www.festivalbachmontreal.com/

Obs: fotos cedidas pela divulgação do evento.